As três plumas, dos Grimm

Conto 063 dos Grimm, aparentemente escrito em 1812. E, sim, esse é mais um conto dos irmãos sobre o qual não se tem grandes informações na internet (além do Wikipédia em alemão, que não é de muita ajuda se o tradutor é uma droga…).

Enfim, o conto é uma gracinha, então leiam e amem!

“Era uma vez um rei que tinha três filhos, dois deles eram inteligentes e sábios, mas o terceiro não gostava de falar muito, e era muito simples, e por isso o chamavam de João Bocó. O rei estava ficando velho e fraco, e já achava que ia morrer, e não sabia quais dos seus filhos deveria herdar o reino quando isso acontecesse. Então, ele disse para os seus filhos:

— Saiam, e aquele que me trouxer o tapete mais lindo será o rei quando eu morrer.

E para que não houvesse briga entre eles, ele os conduziu para fora do palácio, soprou três plumas no ar e disse:

— Vocês deverão seguir estas plumas! — Uma pluma voou para o oriente, a outra para o ocidente, mas a terceira subiu para o alto, mas não voou para muito longe e logo caiu no chão.

Continuar lendo

Histórias em quadrinhos de Briony May Smith

Esses dias, vendo as publicações na minha dashboard do Tumblr, tive o enorme prazer (e já já vocês vão concordar comigo) de encontrar essa pequena história em quadrinhos baseada num conto de fadas da Cornualha:

mermaid-1-new_905

“Certa vez uma sereia ouviu uma adorável melodia vindo de uma igreja acima da costa.”

Continuar lendo

Arthur Rackham

Captura de Tela 2014-08-02 às 07.39.24

Quando a gente fala em ilustrações de contos de fadas, o Arthur Rackham é o mestre! Ele nasceu em 1867, na Inglaterra, em meio a outros doze irmãos, e estudou na Escola de Arte Lambeth, tendo sua primeira ilustração publicada em 1883. O Arthur é considerado um dos principais da “Era do Ouro” de ilustradores de livros britânicos! Essa fase abrangeu os primeiros anos de 1900 até a Primeira Guerra Mundial, pois durante essa época houve um aumento significativo de ilustradores de muita qualidade no mercado.

Os traços do Rackham são únicos, dá para notar isso apenas olhando! Sempre com aquela atmosfera misteriosa, seu estilo é bastante descrito como uma fusão do estilo nórdico, fortemente influenciado pela tradição de xilogravura Japonesa.

Continuar lendo

Chapeuzinho Vermelho, dos Irmãos Grimm

Chapeuzinho Vermelho é, sem dúvidas, um dos contos mais conhecidos no mundo inteiro. Toda criança sabe contar pelo menos uma versão da história da menininha que é enganada pelo Lobo Mau porque desobedeceu sua mãe.

Chapeuzinho Vermelho não ganhou uma grande adaptação da Disney como Cinderela ou Branca de Neve ganharam, mas um fato curioso é que a primeira animação de Walt Disney foi justamente sobre essa história, em 1922 (você pode vê-la aqui). Entretanto, essa versão antiga da Disney é bem diferente da que eu vou contar aqui, escrita pelos Irmãos Grimm.

Espero que gostem!

Ilustração de Arthur Rackham

Ilustração de Arthur Rackham

“Era uma vez uma menininha meiga e querida por todos que a conheciam, mas era especialmente querida por sua avó, que não cansava de agradá-la. Certa vez a avó lhe deu uma capa com um capuz feita de veludo vermelho.

Assentou-lhe tão bem e a menina gostou tanto, que não queria usar outra roupa e por isso ganhou o apelido de Chapeuzinho Vermelho.

Um dia a mãe disse:

“Vem aqui, Chapeuzinho Vermelho, leve este bolo e esta garrafa de vinho à sua avó. Ela está fraca e doente e esses presentes lhe farão bem. Vá depressa, antes que o dia esquente, não se demore pelo caminho nem corra, para não cair e quebrar a garrafa e deixar sua avó sem vinho. Quando chegar, não esqueça de desejar: ‘Bom dia’, educadamente, sem ficar reparando em tudo”.

“Vou fazer tudo que me diz”, prometeu Chapeuzinho Vermelho à mãe.

Sua avó morava na floresta, a uma boa meia hora da aldeia. Quando a menina chegou à floresta, encontrou o lobo. Mas não sabia que ele era um animal malvado, por isso não teve um pingo de medo.

Continuar lendo

Grimm’s Complete Fairy Tales

Depois de um longo e tenebroso inverno, resolvi voltar e iluminar (hááá) esse blog com um post sobre um livro super lindo que comprei durante minha viagem em dezembro de 2013! O livro se chama Grimm’s Complete Fairy Tales, tem 721 páginas e capa dura, é bem pesadão.  Nele estão presentes os contos completos dos irmãos Grimm com ilustrações belíssimas do Arthur Rackham!

Diferente do que muita gente deve estar pensando, o livro foi bem barato, já que pude comprar na própria Barnes & Noble  (que é um sonho, um sonho!), mas vocês também podem adquirir o livro por meio da loja virtual deles! Acho que vale muito a pena para quem gosta de livro bonitos, contos de fadas e ilustrações lindíssimas. É um livro pra vida toda.

Algumas fotos que eu tirei dele para quem quiser dar uma olhadinha:

Juro que, assim que eu ficar menos preguiçosa, tiro fotos melhores e preparo um post só com fotos dele para mostrar a vocês!

PS.: Pretendo me fazer mais presente no blog com a Emily, a Mel e a Laís nessas férias, prometo.

Alícia