Brooke Shaden

Americana formada em Cinema e Inglês pela Universidade Temple, Brooke Shaden teve seu início no mundo da fotografia após se formar, em 2008, criando auto-retratos com o objetivo de treinar o seu controle sobre a imagem. Como é dito em seu site pessoal, Brooke “captura realidades fantásticas dentro de suas molduras”, transformando seus retratos em pura magia e sensibilidade. E, observando seus retratos, não há quem diga que isso não é um fato. 🙂

Continuar lendo

As fadas de Cottingley

No começo desse ano estive pesquisando sobre fadas e descobri uma série de fotografias chamada The Cottingley Fairies no Camafeu da Lia. Elas foram tiradas em 1917 pelas jovens primas Elsie Wright e Frances Griffiths, em Cottingley, um vilarejo inglês, com a câmera do pai de Elsie. Quando o Sr. Wright foi revelar suas fotos e viu a primeira aparição das fadas, considerou-a falsa, e depois da segunda foto, desta vez com um gnomo, ele proibiu Elsie de usar sua câmera. Mas sua esposa Polly estava convencida da autenticidade das imagens.

Dois anos mais tarde, a Sra. Wright levou as fotos para uma palestra sobre espiritualismo e mostrou-as ao palestrante, querendo saber se elas eram verdadeiras. Ele ficou com as fotos e as levou a um líder do movimento teosófico (que está relacionando a religiões esotéricas), Edward Gardner, que por sua vez pediu ao fotógrafo Harold Snelling para que as analisasse, e sua conclusão foi de que as fotos eram verdadeiras!

Depois disso, as fotos começaram a rodar entre os grupos espiritualistas da Inglaterra, e foi numa dessas que elas chegaram ao Sir Arthur Conan Doyle (!), que então insistiu para que as meninas tirassem mais fotos das fadas. Em agosto de 1920, então, as duas primas resolveram atender ao pedido de Conan Doyle, que em dezembro escreveu um artigo na Strand Magazine sobre as novas fotos:

Continuar lendo

Margarita Kareva

Como muitos outros já postados aqui no FTale, a russa Margarita Kareva é mais uma fotógrafa mágica que tá aí nesse mundão. A partir de hoje, ela está oficialmente metida naquele lance de “nos transportar prum outro mundo”. Porque ela consegue, ô se consegue. Em suas fotos, são notáveis as referências aos contos de fadas. (Sobre a foto acima: tem na capa de um livro daqui, não?)

Margarita, como diz em seu site oficial, trabalha com uma grande equipe de profissionais (estilistas e designers) que a ajudam a compor o necessário para a produção da sessão de fotos, com o objetivo de quê, de quê? De transformar as tuas fantasias em realidade (palavras dela, não minhas, eu juro!). Quem já ama a Margarita levanta a mão! E, pasmem, de acordo com ela mesma, fazer fotos de graça não é um problema, desde que o assunto seja interessante. Sai da Rússia e vemk, Marga! Brinks, não sai não que aí é oh ♥.

A Alícia, ajudando no post, disse que leu em algum lugar que a Margarita começou a fotografar só há três anos e comentou que “se ela já é maravilhosa com apenas três anos fotografando, quem dirá daqui há uns dez?” BEIJO ALÍCHA.

Enfim, deixo pra vocês uma boa dose de fotos da Margarida Kareva (não esqueçam desse nome!). Aproveitem e babem e sonhem e amem.

Continuar lendo

Viona Ielegems

“Este é o lugar onde os contos de fadas ganham vida! Comece a acreditar nas histórias da sua infância, porque elas são reais! Conheça todos os tipos de criaturas mágicas em um mundo que você desejava tanto que existisse. E fica melhor. Até mesmo você pode ser parte do meu mundo neo-romântico! Somente siga o caminho que leva à fantasia e imaginação e eu vou te encontrar lá…”

E essa é a descrição do site da fotógrafa Viona Ielegems, o Viona-Art. Chamada por muitos como “senhora da fantasia” e “rainha dos mundos misteriosos”, Viona é mais uma fotógrafa maravilhosa que consegue nos transportar para o mundo mágico dos contos de fadas.

Continuar lendo

Katerina Plotnikova

A moça da vez é a fotógrafa russa Katerina Plotnikova. E, hm, essa é uma das duas únicas informações que temos sobre a Katerina: ela é russa. Aparentemente, ela é um tipo de bicho do mato da internet (lol). Não existem muitas informações sobre ela em suas redes sociais e, o que tem, não faz sentido (nem mesmo com o Google Translator he). Sorry, folks. Mas, apesar de tudo, a segunda info que temos sobre ela é, bem de longe, a melhor: ela é uma fotógrafa estupenda, que constrói em suas fotografias cenários absolutamente lindos. Olha só:

Continuar lendo

Oleg Oprisco

Conheci o Oleg através do Pinterest e me apaixonei de cara por suas fotografias maravilhosas. Segundo uma fonte, ele tem apenas 23 anos e nasceu na Ucrânia, iniciando sua carreira profissional apenas aos 16 anos. O trabalho dele é incrível e mistura o real com o imaginário, resultando em fotografias de tirar o fôlego de tão lindas! Por mim, suas fotos poderiam muito bem ilustrar algum livro de conto de fadas moderno ou coisa assim. Dá uma olhada:

Continuar lendo