A Ninfa d’água, dos Irmãos Grimm

Nixies são espíritos d’água que aparecem tanto na mitologia germânica, quanto na norueguesa e na escandinava. Em alguns contos desses folclores, elas possuem o poder de mudar de forma, porém geralmente mantêm a forma humana. Maaas isso pode variar, geograficamente falando, assim como seus nomes. Por exemplo, nas mitologias germânica e escandinava, Nix é o ser aquático masculino, enquanto Nixe ou Nixie é o feminino.

Tudo isso é para vocês terem uma noçãozinha de como é um dos personagens desse conto dos Grimm, que foi pedido lá na nossa página pelo Ph Amâncio. Bora lá?

“Um garoto e sua irmãzinha estavam, um dia, brincando perto de um poço, e em algum momento do jogo que jogavam, eles acabaram por cair lá dentro. E lá encontraram uma ninfa d’água. Ela os olhou e disse: “Oh, agora vocês são meus. Vão ter que trabalhar para mim, então terão de se esforçar”, e levou-os embora com ela.

Ela deu à menina pedaços de tecidos sujos e emaranhados para que ela separasse e pediu que ela enchesse com água um barril que não tinha fundo. O menino deveria derrubar uma árvore com um machado sem fio, e tudo o que eles tinham para comer eram bolinhos tão duros como rochas.

Finalmente, todo esse tratamento fez as crianças tão impacientes que, num domingo, quando a ninfa foi à igreja, eles fugiram. Quando voltou da igreja, a ninfa viu que os seus pequenos pássaros haviam voado para longe, e os seguiu com passos largos.

As crianças a viram de longe e, enquanto corriam, a menina jogou pelas costas uma escova, e tudo ali se transformou em uma montanha que parecia uma escova gigante – com milhares e milhares de picos, que a ninfa escalou com grande dificuldade, para finalmente chegar ao outro lado e continuar com a perseguição.

Quando as crianças viram que ela havia conseguido terminar a escalada, o menino jogou um pente pelas costas, e tudo ali se transformou em um amplo pente – a montanha, com mil vezes mais dentes, mas mesmo assim a ninfa foi capaz de subir e, finalmente, chegou ao outro lado.

Depois de algum tempo fugindo da ninfa, a menina jogou por suas costas um espelho, e tudo ali se transformou em uma imensa montanha de vidro, e oh, era tudo tão escorregadio, mas tão escorregadio que era impossível para a ninfa passar por cima disso.

Então ela pensou: “Vou voltar rapidinho para casa, pegar meu machado e  cortar a montanha de vidro em dois!”

No entanto, quando ela voltou e quebrou em dois a montanha de vidro, as crianças já estavam muito, muito longe, de modo que a ninfa d’água teve de marchar, muito aborrecida, de volta para o seu poço.” (Fonte)

Eaí, que cês acharam? Hot or not? HE

Laís

Anúncios

3 comentários sobre “A Ninfa d’água, dos Irmãos Grimm

  1. muito bom lais obrigado por postar esse site e o melhor mesmo eu costumava entrar em outro o ”grimmstories” mais algumas historias nao dava pra ler so tinha a palavra ”fim” estranho ne mas ainda bem qui eu achei esse muito melhor

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s