Annabel Lee, de Edgar Allan Poe

Depois de algum tempinho sem atualizar o FTale, venho hoje postar procês um dos meus poemas favoritos: Annabel Lee.

Annabel Lee foi escrito em 1849 e publicado no mesmo ano, um pouco após a morte de Edgar Allan Poe, sendo seu último poema escrito por completo. Como muitos dos poemas desse escritor, tem como tema a morte de uma mulher adorada pelo relator e um amor incomumente forte. De acordo com o Poe, esse tema seria o “mais poético do mundo”.  Muitos dizem que a inspiração de Annabel Lee foi justamente a mulher dele, Virginia. Enfim, leiam atentamente e, claro, comentem o que acharam.

Há muitos, muitos anos, existia
num reino à beira-mar
uma virgem, que bem se poderia
Annabel Lee se chamar.

Amava-me, e seu sonho consistia
em ter-me para a amar.
Eu era criança, ela era uma criança
no reino à beira-mar;

mas nosso amor chegava, ó Annabel Lee
o amor a ultrapassar,
o amor que os próprios serafins celestes
vieram a invejar.

Foi por isso que há muitos, muitos anos,
no reino à beira-mar,
de uma nuvem soprou um vento e veio
Annabel Lee gelar.

E seus nobres parentes se apressaram
em de mim a afastar,
para encerrá-la numa sepultura,
no reino à beira-mar.

Os anjos, que não eram tão felizes,
nos vieram a invejar.
Sim! Foi por isso (como todos sabem
no reino à beira-mar)
que um vento veio, à noite, de uma nuvem
Annabel Lee matar.

Mas nosso amor, o amor dos mais idosos,
de mais firme pensar, podia ultrapassar.

E nem anjos que vieram nas alturas,
nem demônios do mar,
jamais minha alma da de Annabel Lee
poderão separar.

Pois, quando surge a lua, há um sonho que flutua,
de Annabel Lee, no luar;
e, quando se ergue a estrela, o seu fulgor revela
de Annabel Lee o olhar;

assim, a noite inteira, eu passo junto a ela,
a minha vida, aquela que amo, a companheira,
na tumba à beira-mar,
junto ao clamor do mar.


Encontrei essa tradução do Annabel Lee no blog Panorama. Deem uma checada lá!


‘Tava com saudade, muchachos! Hasta luego,
Laís


Anúncios

Um comentário sobre “Annabel Lee, de Edgar Allan Poe

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s